ESTUDO REVELA POR QUE OS BEBÊS CHUTAM AS MÃES NA BARRIGA

Uma das emoções mais especiais para uma mulher que está grávida é sentir os chutes dados por seu bebê dentro de sua barriga. Mas se você achava que os bebês faziam isso por falta de espaço, você pode estar enganado. Uma pesquisa feita em uma universidade do Reino Unido acaba de revelar o motivo por trás disso.

Pesquisadores da University College London, liderados pelo neurocientista Lorenzo Fabrizi, analisaram a atividade cerebral de 19 bebês recém-nascidos, com apenas dois dias de vida, e descobriram que algumas ondas cerebrais correspondentes ao movimento de braços e pernas podem ter ajudado as crianças a ter noção de seus corpos e do ambiente no entorno deles.

“Movimento espontâneo e o feedback consequente do ambiente durante o período de desenvolvimento são necessários para o mapeamento do cérebro em animais como ratos. Aqui, nós mostramos que isso pode acontecer em humanos também”, disse Fabrizi.

Além disso, o estudo também descobriu outro dado interessante. Estudos feitos em animais mostraram que movimentos isolados dos membros de recém-nascidos são uma marca registrada do desenvolvimento sensorial em jovens mamários, conforme evidenciado por padrões neurais, chamados de oscilações alfa-beta, que ocorrem no sistema nervoso somático.

Essas oscilações ajudam animais jovens a mapear a disposição física de seus corpos, mas ainda não se sabia quando que esse período de desenvolvimento ocorria.

No estudo, os pesquisadores notaram que essas oscilações diminuíam em bebês mais velhos, enquanto que elas eram mais fortes em prematuros.

Veja também:   Elon Musk quer criar robôs 'mechas' iguais aos dos animes

“Isso sugere que o movimento relacionado às oscilações alfa-beta tem um papel durante o terceiro trimestre da gestação, que se esgotam na fase final, mesmo quando os movimentos ainda persistem”, disseram os pesquisadores.

Em outras palavras, esse movimentos dos membros, que são mais comuns durante o sono, podem ser encontrados em bebês mais velhos, mas esse desenvolvimento sensorial com chutes e socos repentinos acontece em um estágio de desenvolvimento inicial e desaparece quando os bebês têm algumas semanas de vida.

A equipe continua realizando novos estudos sobre o assunto e deve publicar uma nova pesquisa em breve, em que acompanharam o desenvolvimento sensorial após a realização do primeiro mapeamento.

Acredite ou Não

Informações

Autor: Web Rádios

Data: 04/12/2018 14:48

Acessos: 15 Acessos