Em 10 meses, Município custeou 593 cirurgias

As parcerias estabelecidas entre o Município, consórcios e fundações estão surtindo resultados importantes à população que utiliza o Sistema Único de Saúde – SUS.

Atualmente a secretaria de Saúde é conveniada ao Ciscopar – Consórcio Intermunicipal de Saúde da Costa Oeste do Paraná e possui um contrato com a Fundação Atitude que presta serviços ambulatoriais, internamentos e cirurgias.

Além disso, houve a contratação de clínicas especializadas através de concorrências públicas que também oferecem atendimento aos pacientes em áreas como pediatria, ortopedia, angiologia, cardiologia e gastroenterologia, transformando Santa Helena em município que conta com praticamente todos os serviços médico-hospitalares.

Prova desta atenção oferecida ao cidadão, são as 593 cirurgias custeadas pelo Município entre janeiro de outubro de 2019. Dentre elas, 225 foram realizadas pela Fundação Atitude no âmbito ginecológico, urológico e geral, 73 de Pterígio e 295 de Catarata, ambas por intermédio do Ciscopar.

Nesse cálculo, ainda não constam as cirurgias de ortopedia que são de responsabilidade da secretaria de Estado da Saúde através das AIH’s – Autorizações de Internamentos Hospitalares.

Urologia
No passado, pacientes que necessitavam de procedimentos urológicos, eram obrigados a amargar meses de espera, pois a cirurgias eram realizas apenas na capital do Estado ou região Metropolitana seguindo a fila de pacientes de todo o Estado.

Agora, com a pactuação Município – Fundação Atitude, o tempo médio é de dois a cinco meses entre a avaliação e o procedimento cirúrgico.

Ginecologia
Nesta especialidade a realidade era parecida, pois os pacientes se deslocavam até Nova Aurora, Laranjeiras do Sul e Toledo e eram submetidos a “mutirões de cirurgias”. Hoje são assistidos no Município, com acompanhamento de anestesiologista, acompanhamento clínico e todo suporte necessário.

Eliminação da fila das Cirurgias de Catarata e Pterígio
Desde o ano de 2013, que o município não custeava ou mantinha parceria para realização de cirurgias de Pterígio e somente neste ano, 73 cirurgias aconteceram beneficiando pacientes que estavam aguardando há cerca de seis anos por uma oportunidade.
Na patologia de Catarata, 295 cirurgias foram realizadas entre janeiro e outubro de 2019 o que fez com que a fila de espera praticamente zerasse.

Partos
As mamães santa-helenenses também comemoram as melhorias da Saúde Pública, pois agora, não necessitam mais se deslocar a Entre Rios do Oeste para ter os seus bebês. E, através da Fundação Atitude, o Município custeou somente neste ano, 49 partos normais, contando sobre tudo com acolhimento humanizado e atendimento especializado, que inicia ainda no Pré-Natal, realizado nas Unidades Básicas de Saúde.

Conforme o diretor do departamento de Saúde, Felipe Menin, os resultados positivos são fruto do trabalho de muitas mãos, envolvendo desde o gestor até a integração da equipe da secretaria de Saúde que não mede esforços para promover atendimentos cada vez melhores: “Agradecemos a administração do município que oferece total suporte para nós trabalharmos, as demais secretarias, o jurídico, e sobretudo a atuação das Unidades Básicas de Saúde que estão organizadas e são parte desse importante avanço do setor. Nossa meta é melhorar a cada dia as condições de atendimento na saúde pública,” explica.

Assessoria

Informações

Autor: Web Rádios

Data: 02/12/2019 09:45

Acessos: 19 Acessos